Sutura endoscópica, a mais nova ferramenta para tratamento da obesidade leve

Sutura endoscópica, a mais nova ferramenta para tratamento da obesidade leve

Sutura endoscópica é um procedimento totalmente realizado por endoscopia, ou seja, sem cortes. É a mais nova ferramenta de tratamento da obesidade leve: Sutura Endoscópica ou Sleeve Endoscópico.

Tratamento da obesidade
O início do tratamento de qualquer grau de obesidade se faz com mudanças de hábitos

A obesidade é uma doença crônica e que não tem cura, cuja evolução está associada a doenças como diabetes, hipertensão, apneia, entre outras.

Como qualquer doença crônica o tratamento da obesidade objetiva o controle através do tratamento menos invasivo possível, dependendo do grau e da presença de doenças associadas.

O início do tratamento de qualquer grau de obesidade se faz com mudanças de hábitos.

Uma dieta balanceada associada a prática de exercícios físicos regulares e controle da ansiedade ou alterações psiquiátricas são fundamentais para o sucesso do controle da obesidade.

Tratamento individualizado
Após a correção destes aspectos o tratamento pode ser individualizado de acordo com o comportamento da doença.

Para pacientes com sobrepeso ou que estão com dificuldade em manter o peso e que necessitam de menos de 10% de perda de peso os tratamentos clínicos-medicamentosos são os mais indicados e normalmente conseguem “segurar” a doença por um bom tempo.

Para paciente com obesidade mórbida, ou seja, com IMC >40 ou pacientes com obesidade grau II (IMC entre 36-40) com morbidades associadas o melhor tratamento é a cirurgia bariátrica, seja o Bypass, seja o Sleeve ou Gastrectomia vertical.

No entanto alguns pacientes não se sentem preparados para um procedimento cirúrgico, seja por medo, seja por in- segurança ou simplesmente porque não querem se submeter a um procedimento cirúrgico.

Outro grupo de pacientes precisam perder peso para poderem ser submetidos a uma cirurgia bariátrica.

Obesidade leve
Ainda há uma zona de penumbra onde a maioria da população acima do peso se encontra que é o paciente com sobrepeso e obesidade leve, que necessita perder entre 10-25% do peso e que não se beneficia nem do tratamento medicamentoso (tratamento muito “leve”), e nem do tratamento cirúrgico (tratamento muito “agressivo” para um grau leve da doença).

Para este grupo de pacientes (IMC entre 27 a 35 ou 36 a 39 sem comorbidades) o tratamento por endoscopia é a melhor opção atualmente.

Diversas opções existem de tratamentos endoscópicos para a obesidade como o balão intragástrico, por exemplo.

Sutura Endoscópica
Vamos falar um pouco sobre a mais nova ferramenta de tratamento da obesidade leve: a Sutura Endoscópica ou Sleeve Endoscópico.

A sutura endoscópica é um procedimento totalmente realizado por endoscopia, ou seja, sem cortes.

O procedimento utiliza fios de sutura (os mesmos utilizados na cirurgia convencional) para suturar o estômago por dentro, diminuindo a capacidade gástrica e dando ao paciente uma sensação de saciedade precoce além de comer uma quantidade menor de alimentos.

A sutura endoscópica dura cerca de 40 minutos a 1 hora e, normalmente, o paciente recebe alta no mesmo dia do procedimento.

Acompanhamento
Há a necessidade de acompanhamento com toda equipe multidisciplinar assim como nos outros métodos.

A perda de peso média neste procedimento por endoscopia é 20%, com falha em cerca de 10% e duração média de 2-3 anos.

É mais uma opção inovadora de tratamento dos pacientes com obesidade e que já se encontra disponível no Brasil e em nosso meio.

Um primeiro protocolo de estudos foi iniciado em 2016 na Faculdade de medicina do ABC com resulta- dos muitos bons e animadores utilizando esta técnica.

Fonte: Dr. Luiz Kaiser Júnior
Artigo do Dr.Roberto Luiz Kaiser Júnior publicado em 02/2018, revista Bem-Estar, do Diário da Região.