Por que emagrecer fica mais difícil com o passar dos anos? Saiba como acelerar o metabolismo

Por que emagrecer fica mais difícil com o passar dos anos? Saiba como acelerar o metabolismo

Para nutricionista, mudanças de hábitos podem impactar na qualidade de vida e do envelhecer – além de ajudar a manter o metabolismo ativo

Não dá para negar: manter o peso e emagrecer fica mais difícil com o passar dos anos. E não há como evitar. O processo de envelhecimento é algo natural e traz consigo características específicas, como a diminuição da quantidade de calorias queimadas em repouso (a chamada taxa metabólica basal) – ou, em outras palavras, a famosa diminuição da velocidade do metabolismo.

A partir dos 35 anos, os níveis hormonais começam a cair, o que também contribui para o metabolismo desacelerar e aumentar a dificuldade de perder peso. Além disso, com o avanço da idade, ocorre a perda de massa muscular, que recebe o nome de sarcopenia, e que prejudica ainda mais o funcionamento do metabolismo, visto que a massa muscular é a responsável por consumir boa parte das calorias no organismo.

E como o processo de emagrecimento é totalmente dependente do déficit calórico do dia (aquela diferença entre o que consumimos e o que gastamos), quando todo o nosso metabolismo está diminuindo seu funcionamento e gastando menos calorias, são necessárias estratégias específicas para contornar essa situação.

Pessoas que sempre foram fisicamente ativas na juventude tendem a envelhecer com mais saúde e sofrendo menos com os efeitos do avançar da idade. Além disso, os hábitos de vida adotados vão impactar diretamente na qualidade da vida e do envelhecer – como alimentação equilibrada, prática de atividade física, saúde mental e emocional e sono reparador.

Boa alimentação

Podemos destacar o consumo abundante de frutas, vegetais folhosos e legumes, pouco ou nenhum consumo de açúcar, salgadinhos, bebidas alcoólicas e produtos ricos em gordura saturada (os de origem animal), um bom aporte de proteínas no dia e o alto consumo de água como aliados importantes para um envelhecimento saudável.

Atividade física, todos os dias

Com a prática de atividades físicas, conseguimos garantir o aumento do funcionamento do metabolismo para contrabalancear a diminuição natural, aumentando a queima calórica. Se for possível, pratique algum tipo de exercício todos os dias. É importante que você inclua atividades de força, como a musculação, para garantir a saúde muscular e manutenção da massa magra. Minha dica: o ideal é praticar musculação ao menos três vezes na semana, e nos outros dias, faça o que te dá mais prazer, como dança, ioga, natação, vôlei, caminhadas etc.

Sono

Fixe um horário certo para dormir em todos os dias – mesmo finais de semana e feriados – e saia do celular e computador pelo menos 30 minutos antes do horário de dormir. Escolha chás calmantes e relaxantes, como camomila, erva-cidreira, maracujá. E evite assistir à TV no quarto.

Começar com essas mudanças de hábitos já vai ajudar você a criar uma boa higiene do sono e garantir que toda a reparação necessária e equilíbrio hormonal aconteça adequadamente durante a noite.

Por Raquel Lupion
Portal GauchaZh

Fechar Menu