Mitos E Verdades Sobre Emagrecimento No Verão

Mitos E Verdades Sobre Emagrecimento No Verão

Existem mitos que podem prejudicar a sua perda de peso, prejudicar a saúde e fazer você engordar. Tire as dúvidas agora sobre alguns mitos e verdades sobre emagrecimento; e impulsione a queima de gordura nesse verão. E lembre-se emagrecer envolve um conjunto de ações saudáveis e regulares. Emagrecer e manter o peso ideal com saúde é possível.

1- Emagrecer É Um Processo Linear?
Mito – Perder peso, na maioria das vezes emagrecer não é um processo linear mas existem flutuações no peso (que podem ser graves ou leves); em determinados dias e períodos pode sente mais facilidade em perder peso, já em outros é possível perceber a dificuldade em queimar gordura.

E isso pode ser devido a um problema hormonal, estresse, fatores genéticos ou simplesmente o seu organismo não consegue sair do efeito platô; que consiste exatamente em emagrecer durante um tempo, e depois sentir dificuldade para manter o peso ideal, ou continuar perdendo peso.

2- Obesidade É Falta De Força De Vontade?
Mito – Muitas pessoas acreditam que emagrecer é uma questão de força de vontade ou a falta dela.

De acordo com especialistas na área da saúde, a obesidade vai além da força de vontade, mas é uma questão biológica e que envolve dezenas, senão centenas de fatores que podem influenciar ou contribuir para essa desordem no peso.

Existem muitas variáveis genéticas que estão associadas à obesidade e inúmeras condições médicas que contribuem para essa doença, como a depressão e o hipotireoidismo, entre outras doenças e distúrbios.

A depressão por exemplo, e outros distúrbios psicológicos podem desencadear compulsões alimentares, ou a própria dificuldade em emagrecer.

O estresse também é outro fator que influencia na obesidade e na dificuldade em emagrecer; quando um indivíduo permanece em estresse emocional por muito tempo, o seu cérebro libera um hormônio conhecido como hormônio do estresse, o cortisol.

Ele influencia no aumento o apetite; faz o metabolismo desacelerar e com isso armazenar a gordura que deveria ser queimada.

Procure ajuda especializada para tratar os problemas que afetam a sua saúde e emagrecimento.

Como mencionado acima, muitos fatores contribuem para o aumento de peso; porém, isso não exclui a importância de determinar mudanças significativas na alimentação e estilo de vida.

3- Glúten Engorda?
Verdade – O glúten não é prejudicial apenas para quem sofre com a doença celíaca, ou que possui sensibilidade ao glúten.

O consumo do glúten pode prejudicar a saúde de diversas formas, e uma delas envolve o aumento de peso em quem não sofre com os problemas mencionados acima.

Mas como o glúten engorda? Primeiramente o glúten não pode ser digerido por nosso intestino, logo ele consegue alterar as bactérias intestinais, afetando a flora intestinal.

Pesquisas referente ao impacto do glúten no organismo, afirmam que quando ocorre uma alteração ou um desequilíbrio das bactérias intestinais, o metabolismo fica mais lento e pode surgir o perigo da diabetes.

Como eu já expliquei em outros artigos, que ao desacelerar o metabolismo, você prejudica a perda de peso e pode contribuir para o aumento de gordura corporal.

Outro fator que contribui para a obesidade ou sobrepeso, envolve a qualidade nutricional dos alimentos que geralmente contém o glúten em sua composição. Esses alimentos na maioria das vezes são ricos em carboidratos, açúcar refinado e outros componentes que favorecem o aumento de peso.

Eles aumentam a produção de insulina e o armazenamento de gordura, além de não promoverem a saciedade, fazendo você sentir fome pouco tempo depois de comer; esses fatores são contribuintes para a obesidade.

4- Mudança Nos Hábitos Ajuda A Emagrecer?
Verdade – A mudança nos hábitos envolve uma nova consciência alimentar e no estilo de vida, que acaba refletindo no seu peso.

Isso abarca o comer consciente, iniciar uma reeducação alimentar saudável que exclua alimentos que engordam e prejudicam a saúde; técnicas para gerenciar o estresse; atividades físicas regulares e efetivas.

Todas essas mudanças estão conectadas com o equilíbrio do seu peso, bem-estar, qualidade de vida e saúde.

Tente colocar em prática e veja as mudanças na sua vida.

Lembre-se que para realizar as mudanças necessárias na alimentação e no estilo de vida, é importante foco, determinação e vontade. Sem isso, o seu objetivo fica na promessa eterna de perder peso.

Não deixe de visitar o médico para fazer um check-up.

Fonte: Dr. Juliano Pimentel