3 verdades e 1 mito sobre as dietas da moda

O que você pensa em fazer quando acredita que precisa começar uma dieta, seja qual for o objetivo?

O ideal seria procurar um profissional especializado, como o nutricionista, que irá avaliar individualmente suas necessidades e traçará um plano alimentar equilibrado e de acordo com todas as suas características físicas, sociais e emocionais. Entretanto, observamos que muitas pessoas aderem a algum tipo de “dieta da moda” em busca de milagres alimentares, que muitas vezes trazem apenas malefícios. Veja três verdades e um mito sobre esse tema:

1. A alimentação equilibrada e a prática de exercícios físicos são os dois principais fatores que promovem a perda de peso saudável.

Verdade. Perder peso deve ser através de estratégias saudáveis. Você precisa de uma nutrição adequada, atrelada a hábitos de vida sustentáveis.

2. A dieta detox não é milagrosa e não faz você perder peso apenas com suco verde de manhã.

Verdade. Conhecida popularmente, a dieta detox é usada para perda de peso, contudo, não existem evidências científicas de que promova esse efeito. O termo detoxificar significa eliminar toxinas acumuladas no organismo, processo realizado pelo fígado e rins. A alimentação tem influência nesse processo, mas não apenas com um tipo de dieta específica e, sim, com um conjunto de hábitos saudáveis.

3. O emagrecimento é um processo lento e não existem alimentos milagrosos para promover esse efeito rápido.

Verdade. Ao contrário do que as dietas da moda mostram, o verdadeiro emagrecimento acontece de forma lenta no organismo, através de hábitos de vida saudáveis que não englobam apenas a alimentação. A combinação adequada de alimentos é o que promove esse processo e não existem alimentos milagrosos para isso.

4. Para emagrecer, é preciso pular refeições como o jantar ou o café da manhã.

Mito. Um hábito clássico que muitas pessoas praticam quando começam uma “dieta” é deixar de comer de manhã ou à noite. E isso não promove a perda de peso, visto que precisamos realizar pelo menos três refeições ao dia, em períodos intercalados e com a composição de alimentos de qualidade em todas as refeições.

Não perca tempo e não arrisque a sua saúde, procure um nutricionista sempre!

Por Roberta Cassani
G1 São Paulo